Banner
Banner

Banner
Banner
Banner
Banner

Banner
Banner
Página Principal

RECURSOS HÍDRICOS

Balneabilidade

Publicado em: Qua, 29 de Setembro de 2010 12:13

Última Atualização em: Qua, 06 de Setembro de 2017 18:12

Sergio Batista de Figueiredo

FIGURA_12
Foto: SEMA-MT
Praia Fluvial na Região Hidrográfica do Paraguai.

BALNEABILIDADE

Balneabilidade é a medida das condições sanitárias das águas destinadas à recreação de contato primário, sendo este entendido como um contato direto e prolongado com a água (natação, mergulho, esqui-aquático, etc.) no qual é elevada a possibilidade do banhista ingerir quantidades apreciáveis de água. O contato secundário refere-se àquele associado a atividades em que a relação com a água é esporádica ou acidental e a possibilidade de ingerir quantidades consideráveis de água é pequena, como na pesca e na navegação.

No período de junho a agosto (período de seca) ocorre o “aparecimento” de praias ao longo dos rios do estado e, por isso, é o período ideal para se verificar a balneabilidade das mesmas.

A avaliação da balneabilidade é baseada na Resolução CONAMA nº 274, de 29 de novembro de 2000, e consiste basicamente na realização de 05 (cinco) campanhas de coleta e análise de parâmetros físicos, químicos e microbiológicos da água.

Essas análises medem principalmente a densidade bacteriológica da Escherichia coli, um microorganismo do grupo coliforme, habitante normal dos intestinos dos animais de sangue quente, de fácil identificação e cuja presença indica o grau de contaminação fecal da água.

O monitoramento da Balneabilidade das praias teve seu início em 1995, com a implantação dos pontos de coleta. As praias escolhidas para o monitoramento sofreram alteração de um ano para o outro. Em 1995, foram avaliadas apenas 04 (quatro) praias. Em 1996 e 1997 o monitoramento não aconteceu, devido principalmente à falta de recursos financeiros. Em 1998, foram avaliadas 12 (doze) praias; em 1999, 14 (quatorze); em 2000, 13 (treze); em 2001, 10 (dez) e em 2002 foram avaliadas 15 (quinze) praias. No ano de 2003 foram avaliadas 22 (vinte e duas praias) em 08 (oito) municípios do nosso Estado. Em 2004 foram acrescentados mais 10 (dez) pontos de coleta, distribuídos nos municípios de Guiratinga, Jaciara, Juscimeira, Nobres e Tesouro, totalizando 32 praias em 13 municípios. Porém, em 2006 foram monitoradas 24 praias.

No ano de 2008, foram efetuadas coletas em 25 pontos, no ano de 2009 em 23 pontos, e no ano de 2010 em 26 pontos utilizados para a recreação de contato primário, nos municípios de Barra do Bugres, Cáceres, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Rosário Oeste, Santo Antônio do Leverger, Várzea Grande, Nortelândia e Sinop. Em 2011 foram 24 as praias monitoradas pela SEMA-MT.

No ano de 2012 foram avaliados 30 pontos. Em 2013 a avaliação não pôde ser realizada por problemas logísticos. Em 2014, 20 locais utilizados para recreação de contato primário foram avaliados no estado, nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, Nortelândia, Barra do Garças, Barra do Bugres, Rosário Oeste e Santo Antônio do Leverger. No ano de 2015 foram avaliados 24 locais utilizados para recreação de contato primário em rios do Estado de Mato Grosso. Em 2016 foram 21 locais foram avaliados. Em 2017 foram avaliados 23 locais utilizados para banho no Estado de MT.

Anexos:
ArquivoDescriçãoTamanhoModificado
Fazer download deste arquivo (Boletim n. 01 - 2017 - Balneabilidade das Praias Fluviais de MT.pdf)Boletim de Balneabilidade - MT - 2017Boletim contendo os resultados das análises da balneabilidade dos locais destinados à prática de recreação de contato primário em rios monitorados pela SEMA-MT no ano de 2017.648 Kb06/09/2017 18:07
Fazer download deste arquivo (Boletim n. 02 - 2016 - Balneabilidade das Praias Fluviais de MT.pdf)Boletim de Balneabilidade - MT - 2016Boletim contendo os resultados das análises da balneabilidade dos locais destinados à prática de recreação de contato primário em rios monitorados pela SEMA-MT no ano de 2016.690 Kb22/07/2016 14:25
Fazer download deste arquivo (Boletim n. 002 - 2015 - Balneabilidade.pdf)Boletim de Balneabilidade - MT - 2015Boletim contendo os resultados das análises da balneabilidade dos locais destinados à prática de recreação de contato primário em rios monitorados pela SEMA-MT no ano de 2015.665 Kb28/01/2016 13:25
Fazer download deste arquivo (Boletim n. 001 - 2014 - Balneabilidade.pdf)Boletim de Balneabilidade - MT - 2014Boletim contendo os resultados das análises da balneabilidade dos locais destinados à prática de recreação de contato primário em rios monitorados pela SEMA-MT no ano de 2014.493 Kb04/09/2014 08:22
Fazer download deste arquivo (Boletim n. 002 - 2012 - Balneabilidade das praias fluviais - MT.pdf)Boletim de Balneabilidade das Praias Fluviais de MT - 2012Boletim contendo os resultados das análises da balneabilidade das praias fluviais monitoradas pela SEMA-MT no ano de 2012.420 Kb23/01/2013 16:07
Fazer download deste arquivo (Relatório Monitoramento Balneabilidade Mato Grosso 2006.pdf)Relatório de Monitoramento da Balneabilidade das Praias Fluviais - 2006Relatório contendo dados do monitoramento da balneabilidade das praias fluviais monitoradas pela SEMA no ano de 2006.3825 Kb19/10/2011 13:48
Fazer download deste arquivo (Boletim n. 001 - 2011 - Balneabilidade.pdf)Boletim de Balneabilidade das Praias - 2011Boletim contendo os resultados das análises da balneabilidade das praias fluviais monitoradas pela SEMA-MT no ano de 2011.237 Kb19/10/2011 13:38
Fazer download deste arquivo (Balneabilidade das Praias Fluviais 2008 a 2010.pdf)Relatório de Monitoramento da Balneabilidade das Praias Fluviais - 2008/2010Relatório contendo dados do monitoramento da balneabilidade das praias fluviais monitoradas pela SEMA no período 2008-2010.13365 Kb18/01/2011 09:14
Voltar  |  Principal
Disque Denúncia
SEMA-MT

Telefone: (65) 3613-7200

Palácio Paiaguás, Rua C, CEP: 78.049-913 - Cuiabá - Mato Grosso

CNPJ: 03.507.415/0023-50