Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > SEMA > Notícias > Terreno do Cetras de Cuiabá está sendo cercado
Início do conteúdo da página
SEMA
Publicado: Sexta, 16 de Outubro de 2020, 16h24 | Última atualização em Sexta, 16 de Outubro de 2020, 16h25 | Acessos: 90 | Categoria: Notícias

O Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (Cetras) de Cuiabá está recebendo cercamento. O recinto, que é localizado no Centro Político Administrativo, teve seu projeto entregue na última semana e já foi encaminhado pela Secretaria de Estado de Meio ambiente (Sema-MT) à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) para aprovação. 

Cercamento Cetras Cuiabá
imagem sem descrição.

Serão 4386,59 m² de área construída para o setor clínico e quarentena. O projeto visa também a implantação de recintos observando as peculiaridades e topografia do terreno, de modo a preservar a vegetação remanescente e aproveitar ao máximo o espaço do terreno, que tem uma área total de 251 mil m² 

Os recintos serão divididos por mamíferos, répteis e aves e nessa estrutura serão feitas subdivisões para que a permanência do animal no Centro de Reabilitação seja o mais confortável possível.

Após o projeto ser aprovado pela Sinfra serão feitos os levantamentos financeiros. “A Sema tem um recurso aprovisionado de um Termo de Ajuste de Conduta no valor de R$ 3,8 milhões e, caso seja necessário, poderá aprovisionar recursos de outros Termos para concluir o Cetras o mais brevemente possível”, afirma a secretaria Adjunta de Gestão Ambiental Luciane Bertinatto.

Luciane também destaca a importância de Centros de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres em outras regiões do Estado de Mato Grosso e destaca a parceria técnica com Organizações Não Governamentais (ONGs), Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) e Universidades, além da relevância do envolvimento de órgãos como o Ministério Público para a realização desse projeto.

 

Autor: Renata Prata | Sema/MT

Registrado em: ,,
Fim do conteúdo da página

Central de Atendimento Integrado ao Cidadão (CAIC)

0800 647 0111

Disque-Denúncia

0800 65 3838