Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > SEMA > Notícias > Sema entrega 45 coletes balísticos para fiscais que atuam no combate aos crimes ambientais
Início do conteúdo da página
SEMA
Publicado: Terça, 28 de Setembro de 2021, 16h13 | Última atualização em Quarta, 29 de Setembro de 2021, 12h23 | Acessos: 250 | Categoria: Notícias
Colete à prova de balas sendo utilizado por técnico da Sema em campo - Foto por: Assessoria
imagem sem descrição.

Para combater crimes ambientais em áreas de risco, fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) contam com 45 novos coletes balísticos. Os acessórios de segurança foram adquiridos com recursos do Programa (REM) na ordem de R$ 80,7 mil.

Antes de terem os próprios acessórios, os fiscais utilizavam coletes das forças de Segurança Pública. Conforme o superintendente de fiscalização da Sema-MT, Bruno Saturnino, servidores das  sedes regionais e da Sema de Cuiabá já saem hoje para campo com coletes próprios da Secretaria.

A aquisição é importante para a continuidade do trabalho de combate ao desmatamento ilegal  com segurança, ressalta. "Vimos a necessidade devido ao grau de risco que passamos durante o trabalho de fiscalização, principalmente nas áreas mais hostis, na região Norte e Noroeste de Mato Grosso", explica o superintendente.

Conforme a coordenadora do Sub-Programa de fortalecimento institucional do Programa REM, Francieli Nascimento, uma das missões do programa é fortalecer os órgãos executores e que realizam a fiscalização ambiental. "Os coletes balísticos são EPIs financiados pelo Programa REM que estão melhorando as condições de trabalho dos técnicos e garantindo a segurança complementar ao apoio que agentes de Segurança Pública do Estado prestam às equipes de fiscalização", conta.

Programa REM

O REM MT (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação florestal, do inglês, REDD para Pioneiros), remunera e premia o esforço de mitigação das mudanças climáticas. O estado de Mato Grosso tem o apoio do Programa REM desde dezembro de 2017, e até o final da iniciativa receberá R$ 232,4 milhões (cerca de 44 milhões de euros) para fortalecer a sua fiscalização, operacionalização e responsabilização.

 

Registrado em: ,,
Fim do conteúdo da página

Central de Atendimento Integrado ao Cidadão (CAIC)

0800 647 0111

Disque-Denúncia

0800 065 3838