Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > SEMA > Notícias > Sema-MT promove roda de conversa para debater a gestão de áreas úmidas
Início do conteúdo da página
SEMA
Publicado: Segunda, 21 de Novembro de 2022, 13h58 | Última atualização em Segunda, 21 de Novembro de 2022, 14h00 | Acessos: 150 | Categoria: Notícias
Palestra do professor Dr. Wolfgang Junk na Sema-MT - Foto por: Sema-MT
imagem sem descrição.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), por meio da Coordenadoria de Conservação e Restauração de Ecossistemas, promoveu, nesta quarta-feira (16/11), uma roda de conversa sobre Gestão de Áreas Úmidas em Mato Grosso. O evento abordou, principalmente, conceitos e técnicas utilizados no manejo e conservação do Pantanal.

Segundo o organizador do evento, o analista de Meio Ambiente Alexandre Ebert, é necessário estreitar os laços da Sema com os órgãos de pesquisa. Ele apresentou sua pesquisa aplicada de restauração de campos, que futuramente poderá ser adotada pela própria Secretaria.

A agenda contou com a presença dos pesquisadores doutores Wolfgang Junk e Cátia Nunes da Cunha, referências em pesquisas no Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Áreas Úmidas (INCT-INAU/CNPq) e no Inventário Nacional de Áreas Úmidas Brasileiras.

Os professores também participaram do grupo de peritos responsável por elaborar a Definição, Identificação, Caracterização e  Classificação  das  Áreas  Úmidas  (AUs)  Brasileiras: Bases Científicas  para  uma  Nova  Política  de  Proteção  e  Manejo  Sustentável.

Wolfgang Junk destacou que, durante a troca de experiências e informações, é possível buscar soluções para os problemas enfrentados pela comunidade pantaneira. Já a pesquisadora Cátia Nunes ressaltou a importância do manejo para a restauração das áreas já degradadas “Você têm que pensar que o ambiente pantaneiro tem que funcionar para muitas gerações, não só de imediato”, destacou. 

Texto| Arielly Barth*
*Com supervisão de Lorena Bruschi

Registrado em: ,,
Fim do conteúdo da página

Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão - CATE

0800 647 0111

Disque-Denúncia

0800 065 3838