Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > SEMA > Notícias > Viradinha Sustentável nos Parques Mãe Bonifácia, Massairo Okamura e Zé Bolo Flô começa nesta quarta-feira (05)
Início do conteúdo da página
SEMA
Publicado: Quinta, 13 de Junho de 2024, 15h50 | Última atualização em Quinta, 13 de Junho de 2024, 15h50 | Acessos: 106 | Categoria: Notícias
Sema/MT
imagem sem descrição.

Começa nesta quarta-feira (05.06) a programação da celebração da Semana Nacional do Meio Ambiente nos parques Mãe Bonifácia, Massairo Okamura e Zé Bolo Flô.  A iniciativa denominada de Viradinha Sustentável é organizada pelo Instituto Virada Sustentável em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e segue até domingo (09.06).

A secretária Mauren Lazzaretti destaca a importância da participação popular e reforça o convite. “São diversas atividades pensadas na interação de todas as idades. A ideia é chamar a atenção do cidadão de como podemos melhorar a nossa vida e do meio ambiente onde vivemos. A surpresa que irá encantar a todos será o grande chamariz deste ano que trará reflexões profundas a todos nós”, reforça ela.

Na programação dos cincos dias, o público poderá conferir duas importantes intervenções reflexivas. A primeira, a escultura inflável gigante da onça-pintada, no Parque Mãe Bonifácia. A segunda, o grafite que será exposto no Parque Massairo Okamura com a obra ‘A Realeza das Nossas Terras’.

No domingo, a programação é pulverizada nos três parques com uma diversidade de atividades, entre elas: oficina de aquarela, tricô de dedo, perna de pau, desenho e pintura em papelão e aprender a utilizar outros materiais, vivência de arte e ecologia, grafite com tintas a base de água, colagem botânica, entre outras atividades. Detalhe ainda para a primeira edição da Mostra de Cinema Ambiental, com todos os filmes realizados por diretores de Mato Grosso.


Foto: Sema

Atrações
 

Com quatro metros de altura, 10 metros de comprimento e dois de largura, a onça pintada é a intervenção do artista plástico Eduardo Srur que explica ser uma excelente forma de expressão e de como se comunicar com um público diversificado.

“Tento usar todas as linguagens em um espaço que é de todos. A Viradinha Sustentável chama atenção para questões estratégicas, mas assuntos difíceis de lidar. Dessa forma, ele fica mais leve para o público”.

Segundo Eduardo, com a onça inflada as crianças vão querer saber o que é. “Dessa forma, é uma boa oportunidade de ensinar, gerar reflexão e fazer o público pensar de uma maneira diferente, coisas que às vezes a gente nem lembra mais. A ideia é provocar por meio da arte e propor novas formas de reflexões, de entendimento da realidade, de pensar as questões que são realmente importantes”, frisa ele.


Foto: Sema

O painel de grafite que será exposto no Parque Massairo Okamura com a obra ‘A Realeza das Nossas Terras’, é do artista Rogério Mendes, que reforça a necessidade de olhar com mais carinho para a fauna e flora mato-grossense. “A realeza que me refiro através dos pássaros, o Príncipe (popular Barão de Melgaço) e a Garça Real é para cultuar e vangloriar a beleza da nossa natureza no Cerrado, no Pantanal e na Floresta Amazônica”.
Segundo Rogério, a obra foi pensada para Viradinha Sustentável e dialoga com questões climáticas que evidenciam a devastação dos ecossistemas. “A mensagem é para novas gerações que podem não conhecer esses pássaros que hoje são vistos na região do Parque Massairo Okamura”, conclui.
 
Programação de domingo (09)
 

No Parque Mãe Bonifácia terá pela manhã aula de yoga, oficina de tricô de dedo, que é uma técnica de tecimento sem agulha, contação de história com o grupo Furiosas Macchinas Historiadoras e o espetáculo ‘Era uma vez um abacateiro’.

À tarde o grupo Furiosas Macchinas Historiadoras volta para contar histórias e terá oficina de aquarela com Kadinne Strobel, teatro performance cênica ‘Capivaras Voadoras’ com o grupo Tibanaré e apresentação do Grupo Flor Ribeirinha.
 
O parque Zé Bolo Flô terá uma programação voltada principalmente para o público infantil. Pela manhã as atrações são contação de histórias ‘Palavrinha Rua Antiga’, sebo Rua Antiga com mini-biblioteca itinerante para roda de leitura coletiva, performance cênica artista cientista e oficina de perna de pau com o coletivo Seriemas.
 
A tarde, o Palavrinha Rua Antiga  volta com contação de história, oficina pintura e desenho em papelão com Paty Wolff, performance cênica Seriemas do MT, apresentação musical Anjos da Lata e do Siriri Elétrico. 
 
O Parque Massairo Okamura terá uma Mostra de Cinema Ambiental, das 14h30 às 17h30.
 

Viradinha Sustentável

A Virada Sustentável é o maior evento de sustentabilidade do Brasil. Envolve articulação e participação direta de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, artistas, grupos e coletivos de cultura, redes e movimentos sociais, equipamentos culturais, instituições, empresas, escolas e universidades.
Embora menor proporção da, a Viradinha é rica em conteúdo e significado, projetada como uma plataforma para provocar reflexão e fomentar mudanças positivas. Uma grande instalação, apresentações artísticas e atividades diversas serão realizadas para incentivar o público a pensar e agir de forma mais sustentável.
 
O festival, realizado em parceria com a ONU Brasil e alinhado aos 17 objetivos de Desenvolvimento (ODS), tem como objetivo de criar um espaço de diálogo e engajamento que promova uma visão integrada e multifacetada da sustentabilidade, encorajando ações positivas para um futuro mais equilibrado e sustentável para a Amazônia e para o mundo.

Acesse o site e redes sociais Virada Sustentável para conhecer mais:

Site:  www.viradasustentavel.org.br
Instagram:  @viradasustentavel
Facebook:  facebook.com/viradasustentavel
Youtube:  https://www.youtube.com/user/ViradaSustentavel
 

*Texto: Maricelle Lima Vieira | Sema- MT

Registrado em: ,,
Fim do conteúdo da página

Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão - CATE

0800 647 0111

Disque-Denúncia

0800 065 3838