Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > SEMA > Notícias > Sema capacita servidores para coletas de amostras de água nas praias mais visitadas de Guarantã do Norte
Início do conteúdo da página
SEMA
Publicado: Sexta, 05 de Julho de 2024, 15h31 | Última atualização em Sexta, 05 de Julho de 2024, 15h35 | Acessos: 173 | Categoria: Notícias
CBH médio Teles Pires
imagem sem descrição.
A Secretaria de Estado de Meio Ambiente realizou uma capacitação em amostragem de água para balneabilidade, em Guarantã do Norte. O objetivo é preparar as equipes para as coletas de água para a campanha de balneabilidade 2024, que classifica as praias com maior número de visitantes como própria ou imprópria para banho. Serão analisados praias de Matupá, Peixoto de Azevedo, Colider e Guarantã do Norte. 

Foram capacitados membros do Comitê de Bacias Hidrográficas (CBH) Médio Teles Pires, servidores da Diretoria Unidade Desconcentrada (DUD) da Sema de Guarantã do Norte e servidores das prefeituras da região.

O treinamento foi realizado na quarta-feira (03.07) pelo laboratório de monitoramento da água e do ar da Sema, com aulas práticas no Balneário Stregue. 

A campanha de balneabilidade, coordenada pela Sema, avalia a qualidade da água para recreação primária é realizada todos os anos em diferentes regiões do Estado e teve início em junho, em Barra do Garças e Bacia do Paraguai. A análise é feita com amostras coletadas em diferentes dias consecutivos.

A Diretoria Unidade Desconcentrada de Guarantã do Norte recebeu uma sonda multiparamétrica durante o treinamento e os servidores participantes receberam instruções sobre o uso do equipamento. O equipamento auxilia na investigação de alterações na qualidade de água superficial e mortandade de peixes e dá agilidade na apuração de denúncias de poluição dos recursos hídricos.

Já receberam sondas multiparamétricas as Regionais  de Sinop, Alta Floresta, Rondonópolis, Barra do Garças e Cáceres.


Campanha de Balneabilidade 

A campanha de balneabilidade, que avalia as praias fluviais para a realização de recreação de contato primário, ocorre no início do período seco, que é quando as temperaturas aumentam, a vazão dos rios reduz, as praias fluviais aparecem e o fluxo de banhistas aumenta.

Ao final, técnicos da Sema emitem um boletim informando se a praia está própria (excelente, muito boa ou satisfatória) e imprópria para banho.

A utilização da água para fins recreativos é comum, principalmente nos rios próximos às cidades, onde ocorre a formação de praias na época da seca. Por esse, motivo torna-se relevante conhecer a qualidade da água para garantir a conservação dos recursos hídricos e proteção da saúde da população.
 
*Texto: Renata Prata Sema-MT
 
Registrado em: ,,
Fim do conteúdo da página

Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão - CATE

0800 647 0111

Disque-Denúncia

0800 065 3838