Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > SEMA > Notícias > Sema participa de mesa redonda sobre áreas Úmidas no primeiro dia da FIT Pantanal 2023
Início do conteúdo da página
SEMA
Publicado: Sexta, 05 de Maio de 2023, 15h24 | Última atualização em Sexta, 05 de Maio de 2023, 17h45 | Acessos: 386 | Categoria: Notícias
Mesa redonda Áreas Úmidas Fit Pantanal
Mesa redonda Áreas Úmidas Fit Pantanal
Mesa redonda Áreas Úmidas Fit Pantanal

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) participou da mesa redonda ‘Drenagem de Áreas Úmidas: Um Manejo Adequado? ’, um dos eventos de abertura da Feira Internacional de Turismo do Pantanal 2023 (FIT Pantanal). Após as apresentações o público presente, com representantes de diferentes municípios e setores sociais, tirou dúvidas e fez considerações sobre o tema com os palestrantes convidados. 

Um dos representantes na Sema que participou do debate, Alexandre Ebert, da Coordenadoria de Conservação e Restauração de Ecossistemas, falou sobre o papel do órgão ambiental na conservação das Áreas Úmidas, que são água de superfície parada ou corrente, natural ou superficial, permanente ou temporária, que pode vir da chuva ou de água subterrânea que se surge da superfície, incluindo lagoas rasas, veredas, planícies de inundação e riachos.

As Áreas Úmidas são essenciais para a natureza, economia, saúde e bem estar da população, além de importantes para controle de inundações e de secas, habitat para fauna e flora, provisão de alimentos e meios de subsistências e reação, turismo e valor cultural.

“A importância da Sema participar da FIT é porque trata de turismo que é uma das formas mais sustentáveis pelo uso racional dos recursos ambientais. Existe um potencial de utilização através do ecoturismo destas Áreas Úmidas e tem uma pertinência muito grande nossa apresentação aqui, em função da conservação ambiental que é a missão institucional da Secretaria”, afirmou o analista ambiental Alexandre Ebert.

O Coordenador de Geoprocessamento e Monitoramento Ambiental da Sema, Andre Dias, que também participou representando a Pasta, falou sobre os impactos de drenagens em áreas úmidas com um estudo de caso sobre a planície do Araguaia. Em sua apresentação, o analista ambiental falou sobre a legislação federal e estadual que normatizam as áreas úmidas e explicou a resolução do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema), que regulamenta os drenos em áreas úmidas, com exceção do bioma Pantanal, que é regulamentado por lei específica.

A mesa redonda contou também com apresentações da Promotora de Justiça do Ministério Público de Mato Grosso, Ana Luiza Peterlini, e da professora Cátia Nunes da Cunha, vice-coordenadora do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Áreas Úmidas (INAU).

O evento foi promovido pelo Centro de Pesquisas do Pantanal (CPP), Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Áreas Úmidas (INAU) e Instituto Nacional de Pesquisas do Pantanal (INPP).

FIT
A FIT Pantanal 2023 será realizada entre os dias 3 e 7 de maio, no Centro de Eventos do Pantanal, com objetivo de promover o turismo sustentável e a conservação na região do Pantanal.

Texto: Renata Prata

 

 

Registrado em: ,,
Fim do conteúdo da página

Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão - CATE

0800 647 0111

Disque-Denúncia

0800 065 3838